Notícias

Dica de Saúde – zika vírus

07/12/2015

 

Da Redação

CBrasil

 

O zika vírus tem preocupado a população brasileira nas últimas semanas depois que o Ministério da Saúde reconheceu a relação da doença com os casos de microcefalia que  assustam estados do Nordeste, sobretudo, Pernambuco. Na última semana, o governo federal iniciou uma frente nacional de combate ao Aedes Aegypti, conhecido por transmitir também a dengue e a febre chikungunya. O Brasil foi o primeiro país no mundo a confirmar a relação entre zika e microcefalia, após investigação motivada pelo expressivo aumento de casos de microcefalia em regiões com alta incidência de zika.

 

Dada a gravidade do quadro, o Ministério da Saúde orienta que gestantes ou mulheres com possibilidade de engravidar protejam-se das picadas de insetos, evitando horários e locais que tenham mosquitos, usando roupas que cubram grande parte do corpo e repelentes e também permanecendo em locais que tenham barreiras contra insetos. O órgão também orienta que o médico seja informado sobre alterações no estado de saúde da gestante, principalmente até o quarto mês de gestação. Também preconiza o acompanhamento pré-natal como medida para diminuir o risco de microcefalia.

 

A prevenção contra o Aedes Aegypti segue o mesmo padrão já conhecido: eliminar a água parada em vasos, garrafas, pneus e outros objetos que possam acumular líquido; colocar telas de proteção nas janelas e instalar mosquiteiros na cama.

 

Sintomas

A dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo Aedes aegypti e apresentam sintomas parecidos, como febre e dores musculares. Elas têm, no entanto, gravidades diferentes. A dengue é caracterizada por febre repentina, dores musculares, falta de ar e moleza, podendo também ser hemorrágica e levar à morte. Já a chikungunya tem como sintoma dores intensas nas articulações, que podem durar entre 10 e 15 dias, podendo perdurar meses e até anos. Complicações sérias e morte, no entanto, são raras. Os sintomas da febre por zika se limitam a no máximo 7 dias, mas a relação do vírus com a microcefalia e a possível ligação com a síndrome de Guillain-Barré preocupa as autoridades de saúde do país.

 

Organização Mundial de Saúde (OMS) e Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) emitiram recentemente um alerta mundial para a epidemia de zika vírus, uma vez que casos da doença foram confirmados no Brasil, Chile, Colômbia, El Salvador, Guatemala, México, Paraguai, Suriname e Venezuela, todos nas Américas.

 

Nesta segunda-feira (7) foi registrada a segunda ocorrência de microcefalia no Distrito Federal desde o início do semestre. A relação do caso com o zika está sendo investigada.

Please reload

Em destaque

Ministério da Saúde: Brasil registra 78.162 casos de coronavírus e 5.466 mortes da doença

Secretaria de Saúde do DF: Sétimo dia de testagem em massa re...

NOTÍCIAS ATUALIZADAS SOBRE O CORONAVÍRUS

04/30/2020

1/5
Please reload

Últimas notícias
Please reload

Arquivo
Please reload

Busca por assunto
Please reload

HOSPITAL SÃO FRANCISCO  

 

+55 61 3378 9000

 

QNN 28 Módulo C Área Especial Ceilândia 

 

Brasília - DF  CEP: 72220-280

 

 

 

Atendimento emergencial 24h

© 2017 por Hospital São Francisco. Todos os diretos reservados.