Notícias

SAÚDE DA MULHER - Prevenção ainda é a maior forma de prevenir tipos graves de câncer

Da Redação

CBrasil

Neste domingo (8 de março) é comemorado o Dia Internacional da Mulher. A data existe não apenas para comemorar, mas, também, para conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção de doenças muito graves como câncer uterino e de mama. Isto porque a prevenção ainda é a maior arma para combater estes males que em 2014 alcançaram quase 73 mil novos casos no Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Em termos de saúde da mulher, afirma o ginecologista do Hospital São Francisco Dr. Ademar David Linhares (CRM 19.268), os cânceres de mama e uterino ainda são as doenças que mais preocupam porque são as que mais matam mulheres no Brasil. Para o médico, o número de novos casos ainda é elevado por conta da desinformação e do preconceito. “Lamentavelmente, muitas mulheres ainda sentem preconceito com o exame Papanicolau e muitas delas têm pouca informação sobre a mamografia e o autoexame”, afirma o ginecologista.

A prevenção é indicada para todas as mulheres, mas, em grupos específicos, ela é ainda mais importante. Entre estes grupos, está o da hereditariedade, responsável por 10% dos casos. Segundo o INCA, mulheres com histórico de câncer na família, especialmente se uma ou mais familiares de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram diagnosticadas com câncer antes dos 50 anos, têm risco maior de apresentar a doença. A recomendação é que estas mulheres sejam acompanhadas a partir dos 35 anos de idade.

Boa parte das doenças, quando na fase inicial, responde de forma bastante positiva aos tratamentos existentes. No câncer de colo uterino, por exemplo, estima-se que as chances de cura possam chegar a 100% e no de mama também é bastante elevada.

Em destaque
Últimas notícias
Arquivo
Busca por assunto

HOSPITAL SÃO FRANCISCO  

 

+55 61 3378 9000

 

QNN 28 Módulo C Área Especial Ceilândia 

 

Brasília - DF  CEP: 72220-280

 

 

 

  • Facebook

Atendimento emergencial 24h

© 2017 por Hospital São Francisco. Todos os diretos reservados.