Notícias

Cirurgia bariátrica

CBrasil Da Redação

Tecnicamente, a obesidade é descrita na medicina como uma enfermidade caracterizada pelo excessivo acúmulo de gordura corporal que pode levar ou agravar problemas de saúde. Entretanto, a cirurgia bariátrica somente é indicada para os casos de obesidade moderada ou mórbida. As diferentes classificações da doença são indicadas pelo chamado Índice de Massa Corpórea (IMC), indicado no quadro abaixo.

Classificação de Peso Índice de Massa Corpórea (IMC)

Magra (baixo peso) Menor que 18,5

Normal De 18,5 a 24,9

Sobrepeso De 25 a 29,9

Obesidade Leve De 30 a 34,9

Obesidade Moderada De 35 a 39,9

Obesidade Mórbida Acima de 40

Atualmente existem dois tipos de tratamentos para a obesidade mórbida: clínico e cirúrgico. O primeiro é composto por dieta rigorosa e um plano de exercícios que podem ou não ser acompanhados de medicamentos inibidores de apetite. Segundo o Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (CBCD), em longo prazo, o tratamento clínico é ineficaz para obesos mórbidos, beneficiando apenas 3% dos pacientes.

O CBCD defende que o tratamento cirúrgico é o único que garante a perda de peso prolongada e reduz os riscos de complicações e morte provocada por doenças diretamente associadas à obesidade mórbida. De acordo com o Dr. Maurílio, diretor clínico do HSF, o procedimento é o mais indicado, entretanto, deve ser acompanhado por uma equipe multidisciplinar. “Quando há a indicação cirúrgica, é importante que o tratamento seja feito com uma equipe especializada, envolvendo nutricionistas, endocrinologistas, psicólogos, fisioterapeutas, cardiologistas e até mesmo pneumologistas e psiquiatras”, afirma.

A decisão pela realização de cirurgia deve ser tomada com calma e prudência, após uma preparação a ser realizada pela equipe médica em parceria com o paciente e sua família. O tratamento é longo e requer disciplina antes e após a cirurgia. Uma boa avaliação pré-operatória, afirma Maurílio, é essencial para o sucesso do tratamento. O objetivo da cirurgia bariátrica é auxiliar o paciente na perda de peso. Segundo estatísticas oficiais uma grande parte dos operados perde de 50% a 80% do excesso de peso após a redução do estômago. Estima-se, ainda, que após de um a um ano e meio o paciente pode alcançar a normalidade de seu peso, chegando a um IMC saudável.

O Hospital São Francisco (HSF) conta com um grupo de médicos que realizam a cirurgia de redução de estômago. O tratamento é oferecido pela Gastrocare, um centro avançado de cirurgia de obesidade e do aparelho digestivo formada pelos cirurgiões-gerais Maurílio Rodrigues Ribeiro Júnior (CRMDF 9121), Rodrigo Oliveira Fernandes (CRMDF 10365) e Hiroji Okano Júnior (CRMDF 12940).

Em destaque
Últimas notícias
Arquivo
Busca por assunto

HOSPITAL SÃO FRANCISCO  

 

+55 61 3378 9000

 

QNN 28 Módulo C Área Especial Ceilândia 

 

Brasília - DF  CEP: 72220-280

 

 

 

  • Facebook

Atendimento emergencial 24h

© 2017 por Hospital São Francisco. Todos os diretos reservados.